Esoterica: 2000

Corria o mês de Fevereiro de 2000.

O segundo maior fornecedor de acesso à Internet, que julgo que na altura tinha uns 20 mil clientes (seria pouco mais do que isso!) estava para mudar de instalações. Na altura, achei que seria curioso preservar imagens daquilo a que carinhosamente chamávamos data centre antes de fazermos a mudança. A minha ideia era que fartar-me-ia de rir ao ver isto de novo, dez anos mais tarde.

Por mera coincidência, tinha perdido a cassete MiniDV onde tinha feito este filme. Tenho umas dúzias delas em casa, muitas sem qualquer nome o indicação. Outro dia estava a gravar umas coisitas e reparei que afinal de contas esta tinha já qualquer coisa gravada. Antes de a desgravar (que é o que normalmente faço) resolvi dar uma olhadela ao que era. E não é que reconheci imediatamente um vídeo quase com uma década, do qual já me tinha esquecido quase por completo? 🙂

É certo que durante muitos anos estive sujeito a um NDA em que não podia revelar os “terríveis segredos” que possuia para desenhar, de raíz, um fornecedor de acesso à Internet. Bem, eis os segredos revelados 🙂 Tenho a certeza absoluta que ninguém, no seu perfeito juízo, alguma vez lhe passaria pela cabeça “copiar” este modelo…

E este data centre nem foi dos piores na história da Esoterica! O anterior era ainda mais ridículo. Bastidores? Hah! Isso é coisa de gente rica. A malta não tinha um tostão furado! (Alguns de nós, tipo eu, continuam sem um tostão furado) Mas o primeiro data centre de todos era de longe o mais fixe: um PC (depois dois) por baixo da mesa de trabalho da casa do Mário Valente. E chegou a atingir o milhar de utilizadores…

Mas o pessoal era muito, muito pobrezinho. Babávamo-nos com as histórias da nossa concorrência (a maior parte dos quais sem tantos clientes como nós) que tinham orçamentos para a infrastrutura que eram dez vezes superiores aos nossos, e mesmo assim tinham menos clientes pagantes!

A ironia deste filme nem é devido ao péssimo grau de desarrumação. Na altura pensava que nunca na vida tinha trabalhado num local tão desarrumado (mas em 2005 ainda consegui estar num sítio bem pior!). A ironia é mesmo pensar que estes equipamentos todos, embora tivessem um aspecto muito semelhante aos de hoje (qualquer pessoa reconhece os PCs, as disk towers, as Sun Enterprises, os routers Cisco… ainda têm o mesmo aspecto, formato, e até cores de hoje em dia), e apesar de eu comentar que “alguns destes servidores são ainda 486… o do meio é mais moderno, é já um Pentium” (mesmo na altura isto já era obsoleto), a verdade é que, hoje em dia, graças à Lei de Moore, tenho, nos meus três computadores de casa, e no ADSL CLix a que estou ligado, a mesma capacidade de computação e largura de banda que a Esoterica tinha no início deste milénio. E brinco que daqui a 5 anos terei o mesmo no meu iPhone (já a largura de banda, por exemplo, é a mesma… só falta a capacidade de computação). Com a introdução da fibra a 100 Mbps na casa das pessoas, que alguns de vocês, ilustres privilegiados, já terão, podem pensar que, no ano 2000, vão ter em casa cerca do dobro da banda que toda a Internet portuguesa dispunha em 2000 — e já nessa altura seriam, na boa, mais de uma centena de milhar de pessoas!

É isto que é mais fascinante. Este vídeo era para deixar o legado aos meus netinhos. Para eles um dia, em 2069, quando eu fizer um século de existência, eles perguntarem-me: “avô, era mesmo verdade que na altura os ISPs tinham um milionésimo da largura de banda que temos em casa?”

Shift happens.

Anúncios

Um pensamento sobre “Esoterica: 2000

  1. Pingback: Speedlinking 37 [6 a 12 de Julho] | 2.0 Webmania

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s